"Não precisa ser lido.Mas necessita ser escrito!"

quinta-feira, fevereiro 23, 2012

um caso, um lance e um romance!

Hey.. Nesse tempo que fiquei sem blogga, acho que uns 5 meses neah?! Nossa, que saudades de debulhar meus sentimentos aqui.
Então, sabe aquela coisa de amor é amor e um lance é um lance.. então, essas coisas não rolam comigo. Vivi uma 'coisaa' de, acho que uns 3 ou 4 meses, com o canalha mais legal que ja conheci.. Mas não desses canalhas que te enganam e te fazem acreditar que eles te amam, e blá blá blá... ele era um canalha sincero, do tipo que dizia me vivendo: "Não se apaixone por mim, porque eu não presto" e sim, eu gostava disso, muuuuuuita gente me julgou, disse que nada ve eu fica com ele, pq ele só tava me zuando, e mi mi mi,  mas ngm se importou com o que eu tava sentindo, ou no bem que ele estava me fazendo. Por isso eu não dei ouvidos à ngm, e curti cada dia com esse 'magrelo'.
Não tenho muito o que falar, a não ser, que eu ainda sinto MUITO a falta dele, mas é um canalha, como diz #projota: ‎".. Porque você não gostaria se ele fosse um cara grudento, Se desmonstrasse ciúme a todo momento ou se fizesse uma vozinha de bebê ao memo tempo que tivesse falando sobre casamento com você, né? Ah pelo amor, né.. O fato de ele não ligar é que manteve essa chama de pé.." ♪ E era justamente isso!


Aprendi uma coisa muito importante, e apesar de tudo o que aconteceu entre nós, e de eu - as vezes- me lamentar pelo que não aconteceu, eu morro de saudades dele, ngm entenderia o que eu vivi com ele, as pessoas só sabem olhar de suas janelas e julgar. nada mais!

Ninguém sabe como era dormir e acordar do lado dele, a forma como eu fazia ele rir, ou como ele acariciava meu cabelo, o sorriso qndo me via, mesmo estando cheio de problemas na cabeça, acordar ouvindo a voz dele, mesmo que pelo telefone, dar muitas, e muitas risadas por qlqr bobeira que um dos dois falasse..
Não, ngm sabe. As pessoas só sabem julgar seus atos, ngm sabe o seus motivos, e se soubessem, não os entederiam, etnão, faça o que você acha que deve fazer. Faça o bem para o outro, mas antes de tudo, faça para você.
A vida é curta demais para entenderiam viver pensando no que os outros iram pensar/falar de você.
No fim das contas, eles sobrevivem, quem realmente VIVEU, fui eu!

Seja feliz, do seu jeito! (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário